*** em construção ***



sexta-feira, 8 de outubro de 2010

CARLOS REICHENBACH - Brasil



PÁGINA NO IMDB
PÁGINA NA WIKIPÉDIA
OLHOS LIVRES - SITE OFICIAL


FILMOGRAFIA:

como diretor de longas metragens

2007 - Falsa Loura
2003/04 - Bens Confiscados
2002/03 - Garotas do ABC
1999 - Dois Córregos
1993 - Alma corsária
1987 - Anjos do arrabalde, as professoras
1986 - Filme demência
1984 - Extremos do prazer
1981 - O paraíso proibido
1981 - Amor, palavra prostituta
1980 - Império do desejo
1979 - Sede de amar (Capuzes negros)
1979 - A ilha dos prazeres proibidos
1975 - Lilian M., relatório confidencial
1972 - A corrida em busca do amor

como diretor de curtas e episódios

2002 - Equilíbrio e Graça
1994 - Olhar e sensação
1989 - Desordem em progresso, episódio de City life
1982 - Rainha do flipper, primeiro episódio de As safadas
1979 - Sonhos de vida
1979 - Sangue corsário
1979 - O M da minha mão
1969 - Prólogo (co-direção com Antônio Lima) e
A badaladíssima dos trópicos x Os picaretas do sexo,
primeiro episódio de Audácia! - A fúria dos desejos
1967 - Alice, primeiro episódio de As libertinas
1966/68 - Esta rua tão Augusta
1965 - Duas cigarras

como ator

1986 - Filme demência
1980 - A mulher que inventou o amor, de Jean Garret
1978 - Noite em chamas, de Jean Garret
1978 - Belas e corrompidas, de Fauzi Mansur
1977 - O vampiro da cinemateca, de Jairo Ferreira
1976 - A casa das tentações, de Rubem Biáfora
1975 - Ainda Agarro este Machão, de Edward Freund
1972 - Gringo, o último matador, de Edward Freund
1971 - No Rancho fundo, de Oswaldo Oliveira
1971 - Finis Hominis, de José Mojica Marins
1970 - Sertão em festa, de Osvaldo Oliveira
1970 - Ritual de sádicos (O Despertar da Besta), de José Mojica Marins
1970 - O pornógrafo, de João Callegaro
1968 - O bandido da luz vermelha, de Rogério Sganzerla


Considerado um dos mais importantes realizadores paulistas, Reichenbach teve sua obra reconhecida internacionalmente em 1985 no Festival de Rotterdam, Holanda, onde participou com seus filmes por cinco anos consecutivos. Foi por duas vezes premiado pela Cinemateca Real de Bruxelas, recebeu com ALMA CORSÁRIA, o prêmio dos 30 anos do Festival do Novo Cinema de Pesaro. Em 2001 foi o primeiro cineasta a receber o Troféu Eduardo Abelim no 29° Festival de Gramado. Recebeu também o troféu Barroco, pela obra, na 3ª Mostra de Cinema Brasileiro de Tirandentes, Minas Gerais, e o troféu especial do Guarnicê de Cine-Vídeo, em São Luiz do Maranhão.


OLHOS LIVRES - os melhores links de cinema

Grande divulgador da cultura, Carlos Reichenbach mantém em seu site, em processo de atualização permanente, relação de links de pesquisa geral, de pesquisa de cinema, academias de cinema, de acesso aos filmes (busca de legendas, blogs, Sites, Fóruns e Comunidades de Compartilhamento, cursos e escolas de cinema, leitura crítica e informativa, festivais brasileiros e internacionais de cinema, sites de posters, fotos e cartazes de filmes, DVDs e vídeos raros (Brasil e Exterior), endereços com MP3 de Trilhas Sonoras, sites e blogs de arte, cultura e entretenimento e afins.


Nenhum comentário:

Postar um comentário